Egídio Serpa - FNE: prêmio à incompetência