Egídio Serpa: As renúncias fiscais e a crise