Uruguai alerta seus cidadãos sobre riscos de 'violência indiscriminada' nos EUA

País sul-americano cita crescimento dos crimes de ódio, como racismo e discriminação