Trump admite ter enviado Giuliani à Ucrânia para obter informações sobre adversários

A admissão ocorre exatamente uma semana após Trump ser absolvido no processo de impeachment, que se concentrou na acusação de que ele teria abusado de seu cargo ao pressionar Kiev a reabrir uma investigação envolvendo o democrata Joe Biden