Seita no Panamá sacrificava crianças, denuncia Ministério Público

Grupo chamado "A Nova Luz de Deus" é acusado de torturar seis menores e uma grávida