Oposição afirma ter sido alvo de tiros na Venezuela

O líder opositor, Juan Guaidó, e os congressistas Carlos Prosperi e Delsa Solórzano, que faziam parte do comboio atacado, denunciaram a ação