ONU identifica 112 empresas com atividades em territórios ocupados ilegalmente por Israel

Entre os nomes citados estão empresas internacionais líderes como Airbnb, Alstom, Booking.com e Motorola Solutions. Destas, 94 estão sediadas em Israel, e outras 18, espalhadas por seis países diferentes