Ministra intervém em penitenciária no Paraguai; 1º fugitivo brasileiro é preso

Após a fuga, uma vistoria encontrou cerca de 200 sacos de areia amontoados em uma cela, o que reforçou a suspeita de omissão ou conivência de funcionários