Maduro convoca militares para 'combater qualquer golpista'

Repetindo o slogan "sempre leal, traidores nunca", o presidente assinalou que não deve haver medo frente a obrigação de desarmar as conspirações da oposição e os Estados Unidos.