Líder trabalhista reconhece derrota eleitoral da Austrália; conservador é reeleito

O resultado desafiou as pesquisas pré-eleitorais, que previam que a oposição do Partido Trabalhista de centro-esquerda, liderado pelo ex-sindicalista Bill Shorten, 52, venceria