Hong Kong proíbe uso de máscaras em protestos

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, alvo das críticas dos manifestantes, mencionou dispositivos de emergência que datam de 1922 e que não eram utilizados há 52 anos, para proibir o uso de máscaras