Guaidó volta à Venezuela para liderar manifestações contra Maduro

O oposicionista, reconhecido por mais de 50 países como presidente interino da Venezuela, avisou em seu Twitter que havia chegado