Guaidó convoca greve geral e Maduro diz que opositor quer provocar guerra

Embora Guaidó não tenha se referido ao fracassado levante de terça-feira (30), afirmou que continuará convocando protestos até conseguir o fim da "usurpação" de Maduro