Extrema direita ronda leste da Europa em países da antiga cortina de ferro

Ainda que o avanço do nacional-populismo tenha começado poucos anos após a queda do Muro, as crises econômica de 2008 e a migratória, a partir de 2015, ajudaram a detonar a rejeição aos partidos tradicionais e à integração europeia