Em depoimento, militar diz que Trump pressionou Ucrânia

O o tenente-coronel Alexander Vindman estava presente durante telefonema que Trump fez a Zelenski, em que dizia que suspenderia a ajuda militar à Ucrânia caso o presidente do país europeu não investigasse Joe Biden e seu filho Hunter