Dois atentados em campanha eleitoral deixam 48 mortos no Afeganistão

Ataques foram reivindicados pelos talibãs, que consideram ilegítima a próxima eleição presidencial de 28 de setembro