Disputa para Chancelaria alemã é lançada

Ao jogar a toalha na segunda-feira passada (10), a até então sucessora de Angela Merkel, Annegret Kramp-Karrenbauer, varreu a perspectiva de uma transição pacífica no fim de 2021, quando termina o quarto mandato da atual chanceler