China diz que EUA podem sofrer consequências por "ações erradas"

O país asiático diz que o "protecionismo comercial unilateral e intimidador e pressões extremas violam o consenso dos chefes de estado da China e dos Estados Unidos"