Bachelet pede inquérito sobre violência policial em Hong Kong

Ela lembra que o direito à liberdade de expressão e à reunião pacífica, assim como o direito de participar dos assuntos públicos são reconhecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Lei Fundamental que rege Hong Kong