Assessor paraguaio vinculou empresa alvo de CPI ao governo brasileiro

A conversa é mais uma da série de mensagens em que Joselo cita uma suposta proximidade com o alto escalão do governo brasileiro para defender a empresa Léros junto às autoridades do país vizinho