Whatsapp é utilizado para fazer audiência e conciliar partes sobre pensão alimentícia

A iniciativa ocorreu porque o pai e a criança moram em Fortaleza, e a mãe em São Paulo