Mais de 100 transexuais usam nome social em escolas do CE em 2019

Direito de estudantes transgêneros no ensino básico brasileiro foi regulamentado em 2018, quando quase 90 cearenses incluíram a identificação no sistema; garantir ambiente escolar saudável ainda é desafio