Mais da metade dos alunos da rede estadual têm problemas de sono

Pesquisa acadêmica realizada com 11.525 estudantes do ensino médio em Fortaleza apontou que adolescentes têm sono insuficiente à noite ou sonolência excessiva durante o dia, prejudicando o desempenho escolar