Falhas em abrigos violam direitos de crianças e adolescentes

À espera de retornar à família ou de destituição legal para serem disponibilizados para adoção, meninos e meninas cearenses crescem sob os prejuízos de superlotação e deficiências estruturais dos acolhimentos