Pai e filho encontram "salvadora" na sede do Ceará: "Foi um anjo que apareceu"

Torcedores do Vovô, Cleylton Coelho e seu filho Rhyan da Silva, de 15 anos, tiveram suas vidas salvas por Tágilla Bié, escrivã da Polícia Civil, no Clássico-Rei do último sábado (3)