Futebol feminino perde R$ 4,8 bilhões por ano em patrocínio, aponta consultoria

Novas plataformas digitais são um caminho para a valorização do futebol feminino, pois permitem que as próprias atletas atraiam clubes e patrocinadores por redes virtuais