Fluminense rebate vídeo homofóbico de vascaíno: "Sexualidade é diversidade"

Além do canto homofóbico de Fellipe Bastos, atleta do Vasco, a final da Taça Guanabara foi marcada por confusões entre as duas diretorias e brigas fora do estádio