Mesmo tradicionais, Argentina e Chile estão longe do favoritismo

Na Seleção Argentina, Messi sente a responsabilidade de ser campeão. Entre os chilenos, a técnica já não é a mesma de 2015 e 2016. Com isso, Venezuela e Colômbia ganham protagonismo nas decisões de hoje