Com atletas refugiadas, clube dribla regra para ter time estrangeiro

Segundo a CBF, um time brasileiro só pode ter até cinco atletas de outros países. A não ser que parte delas seja refugiadas, como é o caso do 3B Sport, do Amazonas. Time tem sido tábua de salvação para venezuelanas, principalmente