Tom Barros: Hora para reflexão local e nacional