Kelly Osbourne planeja uma dupla mastectomia

Assim como fez Angelina Jolie, Kelly Osbourne revelou que também tem o "gene do câncer" e planeja fazer a cirurgia preventiva de retirada dos seios

kelly
Aos 30 anos, a apresentadora Kelly Osbourne revelou ter o gene do câncer

Kelly Osbourne, apresentadora de TV e filha do roqueiro Ozzy Osbourne, disse, durante uma entrevista no programa "The Talk", que não só apoia a decisão de Angelina Jolie de fazer uma mastectomia dupla preventiva, como também pretende se submeter a mesma cirurgia. 

"Na verdade eu tenho o gene do câncer", declarou para surpresa de todos. Segundo ela, a iniciativa de fazer os exames partiu de sua mãe, Sharon Osbourne. "Ela fez com que nós todos fizéssemos o teste depois de descobrir que era portadora e, por isso, fez uma dupla mastectomia. Eu concordo com isso 100%", acrescentou.

Aos 30 anos, Kelly confirmou que pretende seguir o exemplo. "Sei que um dia eventualmente terei que fazer isso também porque se eu tiver filhos eu quero estar presente para vê-los crescer. Eu quero estar presente para  apoiá-los de todas as formas que puder", afirmou, sem dar detalhes sobre datas. 

Efeito Jolie

Depois de tirar os seios para se prevenir do câncer de mama, Angelina Jolie anunciou essa semana que precisou remover os ovários e as Trompas de Falópio. A notícia reacendeu a polêmica sobre o método de evitar o aparecimento da doença.

Para Kelly Osbourne, a atitude da atriz é digna de aplausos. Ela lembrou que sua mãe foi diagnosticada com câncer de cólon, em 2002, e venceu a doença após passar por duas operações. A batalha foi documentada no reality show "The Osbournes". Após sua recuperação, Sharon fez o teste que revelou que ela tem o gene BRCA1, o mesmo de Angelina. Foi aí que a esposa de Ozzy optou pela dupla mastectomia.