Musa estilo Plus Size

Eleita a Miss Brasil Plus Size 2013, Aline Zattar venceu 30 mulheres na final nacional do concurso. Ao Zoeira, ela fala da vida após a conquista do título e o crescimento do segmento no mercado

Antes de ganhar o título de Miss Brasil Plus Size 2013, a catarinense, de 28 anos, virou modelo por insistência das amigas. Ao procurar uma agência, os primeiros trabalhos logo surgiram. "Fui me empolgando e gostando do que estava vivendo, então comecei a me interessar mais sobre o mundo Plus Size", conta, em entrevista ao Zoeira.

Brasil Plus Size, Aline Zattar orgulha-se em representar as mulheres gordinhas. Depois do concurso, ela conta que sua vida mudou completamente FOTO: BRUNO GOMES

Pesquisando na web, Aline descobriu as primeiras informações sobre o concurso. "Me inscrevi ´na louca´, pensando que não iria dar certo". Mas deu. Depois de passar na primeira fase, uma seletiva feita através de fotos, já que o número presencial de 20 candidatas não foi alcançado em seu Estado, Santa Catarina, a Bacharel em Direito venceu as concorrentes e levou a melhor. Com 1,69m de altura, 105cm de busto, 89cm de cintura, 123cm de quadril e manequim 46, a loura conquistou os jurados da disputa, que aconteceu no primeiro semestre desse ano, em Brasília.

De lá pra cá, tudo mudou. Para ela, o título foi um divisor de águas em sua vida. "Agora tenho muitos trabalhos, entrevistas, viagens... Estou indo à lugares que nunca imaginei ir. Existe uma Aline antes e depois do concurso. Agora sou confiante, me aceito. Tenho sim alguns traumas, mas tudo fica mais fácil de se lidar devido a valorização do ramo plus size", diz, orgulhosa.

Apesar de ter ganho um carro zero km, para ela, seu maior prêmio é representar todas as "mulheres tamanho grande", como chama carinhosamente as companheiras de manequim. "Quando as pessoas começarem a enxergar que a beleza está dentro de nós, quando conseguirmos exteriorizar isso, não há o que não possamos conquistar".

Apoio

Casada e mãe de dois filhos, a loura recorda que teve o apoio da família, mas confessa que o marido é ciumento. "É um ciúme saudável. Ele fala que [o concurso] fez muito bem pra mim", reforça.

Adepta da vida saudável, para manter o corpo, Aline conta com a ajuda de um personal trainer, em Joinville, onde reside. "Sempre que dá, também faço caminhadas".

A miss, que esteve em Fortaleza na segunda-feira, para uma sessão de fotos de uma marca de moda íntima, ainda lembra de sua passagem relâmpago pela Capital. "Não conhecia a cidade, mas deu tempo de visitar alguns pontos turísticos. Caminhei na Beira Mar, fui à feirinha de artesanato, ao jardim japonês...", enumera.

Sobre seu estilo, a loura conta que vai do clássico ao moderno. "Gosto bastante de vestidos e calça jeans com o cós alto. Procuro sempre valorizar minha cintura". E dá dicas: "Sabendo usar, tudo pode ser adaptado para o nosso corpo. Devemos valorizar nossos pontos fortes e disfarçar aqueles que não são tão favoráveis. Gordinhas podem estar estilosas e lindas", afirma.

Questionada sobre uma possível carreira de atriz, Aline não descarta a possibilidade de estrear na telinha. "Já sonhei em atuar. Quem sabe um dia...", faz mistério.

Por enquanto, se prepara para o concurso internacional, ainda sem data e local definidos. Para o futuro, a loura, que também abraça as causas sociais, pretende continuar atuando no segmento Plus Size. "Quero dar continuidade ao trabalho que já faço", diz.

Jacqueline Nóbrega
Repórter