Viagem ao passado

O cearense Crescêncio Marinho de Pinho faz um passeio pela sua vida em “Do Alvorecer ao Sol Posto”, que será lançado hoje, às 19h30, no Centro Cultural Oboé


Noventa e um anos de idade e muitas histórias para contar. Crescêncio Marinho de Pinho remexe seu baú de memórias, desde a infância em Telha (atual Monsenhor Tabosa) até os acontecimentos mais recentes. Com riqueza de detalhes, leva o leitor a mergulhar no cotidiano cearense de décadas passadas, pontuando as mudanças ocorridas ao longo dos anos, revelando curiosidades de uma Fortaleza que ficou para trás, de uma Sobral provinciana e de outras cidades, como Ipu, onde residiu de 1926 a 1929.

O autor compartilha com o leitor a alegria das caçadas de baladeira, da primeira viagem de trem, das conversas em família na calçada de casa e do contato com grupos de ciganos que desbravavam o Estado. Também recorda as sessões de cinema na “geral” do Polytheama, os tempos de estudo no Liceu, as rixas com os alunos do Colégio Militar, os muitos empregos que surgiram pelo caminho e os amigos que colecionou no decorrer da vida.

O livro de Crescêncio revela a poesia por trás dos gestos simples, de sua experiência como comerciário, professor, securitário e funcionário público federal. “Ler suas memórias é como reviver a experiência de menino, é compreender que precisamos enxergar além dos olhos e observar o mundo sob a forma de poesia”, escreve Felipe Pinho, neto do autor, na orelha do livro.

MEMÓRIAS

"Do Alvorecer ao Sol Posto"
Crescêncio Marinho de Pinho
252 páginas
R$ 25
ABC EDITORA
2007

Serviço:
Lançamento do livro ´Do Alvoreecer ao Sol Posto´, de Crescêncio Marinho de Pinho, hoje, às 19h30, no Centro Cultural Oboé, Rua Maria Tomásia, 531. Informações: (85) 3264.7038.