Conexões atemporais

A partir de hoje, o escritor cearense Ricardo Kelmer inicia, em Fortaleza, uma maratona de lançamentos para seu novo livro, o romance "O irresistível charme da insanidade"

Luca é um músico brasileiro e, entre noitadas e shows, dormindo ou acordado, sonha com abismos e com a presença de alguém que não sabe identificar. Há cinco séculos de distância, Isadora, uma viajante taoista que vive na Espanha do século XVI, sente o mesmo.

Uma história que se passa simultaneamente em duas épocas é o mote do novo livro do escritor Ricardo Kelmer, reconhecido por fidelizar leitores através da internet. "O irresistível charme da insanidade" foi produzido pela Editora Arte Paubrasil e será lançado, a partir de hoje, em Fortaleza, seguindo uma programação que se estende por toda a semana.

Quem gosta de histórias de músicos itinerantes, perdendo-se entre viagens, e, ainda, de romances de época, com intrigas políticas e sociedades secretas, vai gostar do leve romance de Kelmer. "Os personagens se unem por uma sensação de déjà-vu, que é a impressão de já ter vivido uma situação. Eles entram em contato com outras existências paralelas", explica o escritor. Segundo ele, interessa-o bastante a forma como funciona a consciência humana em relação às noções de tempo e de espaço.

"Sempre desconfiei que faça sentido a ideia de que nossa consciência experimenta várias dimensões da realidade ao mesmo tempo", revela. Investindo nessa filosofia e também em sexo, drogas e rock´n´roll, temas típicos da literatura de Kelmer, o novo livro constrói uma série de reviravoltas para permitir o encontro dessas vidas que se influenciam e se cruzam, apesar da distância.

Para a produção, escrita em 1996 e reescrita 15 anos depois, Kelmer iniciou um estudo histórico para embasar os acontecimentos situados no século XVI. "Esse período é muito interessante. Mudanças políticas, renascimento... Quando decidi situar a história nessa época, tive que pesquisar ainda mais e acabei me apaixonando por esse período", comenta.

Internet

O escritor, que, desde a maior difusão da internet, em 1996, vem utilizando os recursos dela, garante que talvez ainda não se consiga viver de literatura através da rede, mas que é possível fazer boas vendas. "Quando enviei esse último livro para a editora, lancei uma promoção no blog e cerca de 70 exemplares foram vendidos antecipadamente. É um valor significativo para um escritor não tão conhecido", ressalta Kelmer.

Por estar ligado a uma editora, "O irresistível charme da insanidade" acabou tendo certas restrições de distribuição online, mas, em geral, como modo de atrair a clientela, o escritor costuma disponibilizar a leitura integral dos livros. "As pessoas me procuram querendo adquirir o impresso, mesmo que eu tenha disponibilizado o livro na internet. Isso não é um impedimento", defende. Para fidelizar os internautas, Kelmer utiliza uma boa estratégia: o cadastramento dos chamados "leitores vips". Estes passam a ter acesso a conteúdos exclusivos do blog e participam de promoções.

"Não cobro nada, faço a inscrição apenas para ter os contatos daquele leitor. Isso é muito importante porque acabo conhecendo minha clientela e eles me ajudam a compor novas obras. Se vou fazer um lançamento em uma certa cidade, já posso direcionar a publicidade para aquele leitor em específico", esclarece o autor.

Na última sexta-feira, Kelmer ministrou a palestra "Escritor do Século XXI", na livraria Lua Nova, em Fortaleza. O tema deverá ser novamente explorado no próximo dia 16. Durante o evento, o escritor discutiu a construção de uma carreira literária na era da internet. Para ele, o sucesso dos escritores nesse contexto requer trabalho sério. "O autor que quer se promover pela internet precisa fazer investimentos. Não necessariamente de dinheiro, mas deve investir tempo, conhecimento e criatividade. É preciso levar a sério e se dedicar como se você cumprisse um expediente em uma empresa", alerta Ricardo.

"O irresistível charme da insanidade" já é o décimo livro do escritor, que, apesar de formado em Comunicação Social, afirma em seu blog que, desde os 30 anos, decidiu fazer três coisas da vida: "faria somente o que me desse prazer, não teria mais patrão e aplicaria toda minha criatividade e persistência pra me sustentar como escritor".

Os lançamentos do novo livro acontecem tanto em livrarias quanto em bares da cidade, já que Kelmer aprova o exercício de garimpar leitores em outros espaços. "Adoro livrarias, mas muitas pessoas são encontradas nos bares e não se pode desprezar esse público. Além disso, esse clima informal de música e boemia combina com a minha obra", acrescenta o escritor.

Lançamento semanal

hoje
19h às 21h - Livraria Cultura (Varanda Mall Av. Dom Luis, 1010, Aldeota)
22h - Bar e Restaurante Degusti (Rua Vilebardo Aguiar, 352, Cocó)

amanhã
20h - Bar do Papai (R. Monsenhor Bruno, 1386, Aldeota) Show com a trilha sonora do livro

quinta-feira, 12/05
19h - Livraria Lua Nova (Avenida 13 de maio, 2861, Benfica)

sexta-feira, 13/05
17h30 - Loja Romã (R. Oswaldo Cruz, 1346, Aldeota)

sábado, 14/05
Bar Bebedouro (Rua Norvinda Pires, 22, Aldeota)

Romance e dÉjà-vu
O irresistível charme da insanidade Ricardo Kelmer
Arte paubrasil, 2011, 160 páginas, R$ 25



MAYARA DE ARAÚJO
REPÓRTER