Matéria-1077196

Cover do Neu Order, Blue Monday fez tanto sucesso nos shows, que o grupo foi obrigado a incluir no novo disco
Cover do Neu Order, Blue Monday fez tanto sucesso nos shows, que o grupo foi obrigado a incluir no novo disco
Crocante e delicioso

Guitarrada, rock n´ roll, surf music e até cover de "Blue Monday", do New Order. É o que "Música Crocante", novo disco do Autoramas, reserva para os fãs. Gabriel Thomaz adiantou pra coluna que esse é o melhor álbum do grupo

O título é curioso, mas o sempre carismático cantor explica que foi muito natural definir o atual som da banda de "crocante". O termo, usualmente associado à comida e afins, ganhou mais esse sentido para o Autoramas. "Por ser fresquinho, uma coisa nova, moderna, legal. O nome soava muito bom. Sem falar que o crocante passou a nos perseguir em várias situações", conta, aos risos.

A receptividade do sexto álbum de estúdio, disponível para audição no http://www.coqueiroverderecords.com/autoramas, tem surpreendido os próprios integrantes. A primeira prensagem, de mil cópias, se esgotou em menos de dez dias. Mais três mil CDs estão a caminho em 8 de dezembro. A distribuição é da Coqueiro Verde Records. "Nunca tivemos um lançamento que desse tão certo e o melhor é que fizemos da nossa maneira. Acho que é o nosso melhor disco", afirma.

Para viabilizá-lo financeiramente, o Autoramas recorreu ao crowdfunding, sistema em que o público contribui através de doações. No vídeo-comédia (disponível na versão on line da Sound), Gabriel, a baixista Flávia Couri e o baterista Bacalhau ofereciam prêmios, que iam desde a inclusão do nome do fã nos agradecimentos do encarte do CD, shows privês e até a Danelectro Hodad do frontman usada nas gravações de vários álbuns e turnês. A meta foi ultrapassada e a banda conseguiu juntar quase R$ 15 mil sem o cantor precisar se desfazer de sua guitarra querida. "Graças a Deus, continuo casado com ela e é um casamento maravilhoso!", comenta, em tom de alívio.

Gravado em um mês e meio, Gabriel conta ainda que o power trio também fez shows nesse período, nos fins de semana. Essa convivência intensa conferiu harmonia na sonoridade tão acelerada e plural do Autoramas. "A gente toca o tempo inteiro seja no quarto do hotel ou enchendo o saco das pessoas (risos). Nosso entrosamento está cada vez melhor. Não é só um trabalho. A gente se diverte pra caramba", destaca.

Confira mais conteúdo



Sobre a referência da guitarrada, que dá nome à nona faixa do disco e virou tendência junto com o tecnobrega entre várias bandas indies, o líder diz que sempre ouviu brega. "Isso não é novidade pra gente. Em 2007, gravamos a parte I de ´guitarrada´ (no CD ´Teletransporte´. É velho pra caramba e isso que é engraçado porque agora virou moda. A família do meu pai é do Amapá. Cresci escutando artistas do Norte".

"Música crocante" também ultrapassa as fronteiras nacionais com parcerias do grupo uruguaio The Supersónicos (na música "A máquina") e ainda do radialista argentino Maxi Martina (na portunhol "Verdugo"). Curiosa é a história da última colaboração. "Em Buenos Aires, cidade em que temos um público fiel, demos uma entrevista em uma rádio local e eu disse que tínhamos vontade de fazer versões de nossas canções em espanhol. O Maxi falou que não tinha sentido, que a graça era por ser em português. Se fosse inédita, tudo bem pra ele, então ele me mandou a letra".

Ovacionados pelo público de Fortaleza, os Autoramas se convidam para uma futura apresentação na terrinha e reclamam da dificuldade em agendar datas no Nordeste. "É mais fácil fazer turnês no exterior. Gosto muito do Ceará. Tenho família pros lados de Quixadá. Sei de várias expressões como as clássicas ´ rebolar no mato´ e ´botar boneco´ ". Então tá, macho!

Animal!

A galera que é fã de hard rock já deve estar sabendo do show do Dr. Sin, que lança o novo disco "Animal", no sábado, a partir das 20h, no Anfiteatro do Dragão do Mar (Praia de Iracema). Mas, além da apresentação inédita do conceituado grupo paulistano, quem faz abertura é a Full Time Rockers. Na ocasião, os cearenses prometem performance enérgica e gravam seu primeiro DVD ao vivo em sete anos de carreira. Representantes do gênero na cena local, o quarteto lançou o último álbum há pouco tempo, que pode ser baixado no site http://www.rockersclub.com.br ! O evento marca também o fechamento das comemorações dos cinco anos do selo local Panela Discos. Ingressos: R$ 25 (antecipado) e R$ 30 (na bilheteria). Mais informações: (85) 3494.5673

Bora pro Blues?

Domingo estreia a 1º edição do Bora Pro Blues! Sobem ao palco do Brom´s Party House (Rua dos Tabajaras, 402 - em frenre ao Estoril) as bandas Bluezzeria, Malvácea Blues Band, Ovelhas Negras e The Blues Is On The Table. E não tem nem desculpa para não ir: a festa começa cedinho, a partir das 16h30! Ingressos: R$ 7 (antecipado) e R$ 10 (no dia). (85) 8803.5402