Projeto promove investimento em políticas públicas de manejo de resíduos sólidos

Programa Mais Fortaleza, da Prefeitura Municipal de Fortaleza, já reciclou 3 mil toneladas de resíduos em 2023

Escrito por Agência de Conteúdo DN ,
Legenda: Com a crescente geração de resíduos, a reciclagem emerge como uma solução eficaz para conter essa crise
Foto: Divulgação

A reciclagem não é apenas uma prática ambientalmente responsável, mas também desempenha um papel fundamental na redução dos impactos adversos causados pelos resíduos sólidos. Em agosto deste ano, a Prefeitura Municipal de Fortaleza lançou o Programa Mais Fortaleza, trazendo investimento para o Projeto Limpeza Urbana, e já reciclou 3 mil toneladas de resíduos em 2023.

O programa surgiu da parceria entre a Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), a Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova) e a Agência de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental de Fortaleza (ACFor).

Estão previstos investimentos na política pública de manejo de resíduos sólidos, com foco na instalação de novos equipamentos e de projetos sociais voltados ao ensino de descarte do lixo, educação ambiental e coleta seletiva de materiais recicláveis.

Com a crescente geração de resíduos, a reciclagem emerge como uma solução eficaz para conter essa crise, reduzindo a quantidade de resíduos que acabam em aterros sanitários e lixões. Ao reciclar, não apenas os recursos naturais são conservados, mas também ocorre a diminuição da poluição do solo, da água e do ar.

“Entre os projetos parceiros do programa, o Missão Verde se destaca socialmente, pois promove a coleta seletiva de recicláveis entre as escolas da cidade, com objetivo de engajar a população na logística reversa, disseminando a cultura de reciclagem para mais de 170 mil alunos e familiares, tornando as escolas como pontos estratégicos de apoio, além de certificar mais de 20 mil alunos em educação ambiental”, ressalta Vinícius Lemos, assessor técnico da Coordenadoria de Limpeza Urbana da SCSP.

A EcoFor, empresa responsável por realizar o recolhimento de resíduos, limpeza de vias públicas, áreas verdes e praias, operacionaliza cerca de 90 ecopontos na Capital, promove educação ambiental e desenvolve tecnologias para preservação do meio ambiente. A empresa realiza o contrato de concessão com a Associação de Catadores, para fazer a destinação correta do material.

“A concessão é firmada entre as partes e os catadores recebem uma bonificação para realizar a coleta, onde eles podem fazer a destinação correta do material ou vender os resíduos coletados”, explica Vinícius Lemos.

A reciclagem contribui significativamente para a redução das emissões de gases de efeito estufa. Ao extrair menos matéria-prima virgem, se diminui a necessidade de processos industriais intensivos em energia, resultando em uma pegada de carbono reduzida.

 

Os destaques das últimas 24h resumidos em até 8 minutos de leitura.