Pesquisa sobre saúde bucal acontece em 19 cidades do Ceará até junho; veja municípios

Serão feitos questionários, exames e avaliação sobre a necessidade de tratamento dentário na população cearense

Escrito por Lucas Falconery, lucas.falconery@svm.com.br

Ceará
pesquisa
Legenda: A pesquisa busca entender quais são as principais necessidades de atendimento de saúde bucal
Foto: Antônio Carlos Alves

O Ministério da Saúde deve coletar dados em 19 cidades cearenses para identificar as condições de saúde bucal no Estado, com aplicação de questionários presenciais, realização de exames e verificação sobre os tratamentos necessários. A primeira etapa da pesquisa acontece até junho deste ano.

A iniciativa faz parte da terceira edição da SB Brasil – Pesquisa Nacional de Saúde Bucal para entender a situação da população brasileira. As outras duas edições aconteceram em 2003 e 2010.

No Ceará, a primeira etapa da pesquisa acontece com visitas presenciais de profissionais da Atenção Primária à Saúde Bucal. De porta em porta, as equipes convocam a população para a pesquisa e aplicam questionários socioeconômicos.

Saiba quais cidades participam da pesquisa no Ceará:

  • 1. Fortaleza
  • 2. Aquiraz
  • 3. Barbalha
  • 4. Camocim
  • 5. Cascavel
  • 6. Cedro
  • 7. Crato
  • 8. Icó
  • 9. Iracema
  • 10. Itatira
  • 11. Lavras da Mangabeira
  • 12. Maracanaú
  • 13. Massapê
  • 14. Nova Russas
  • 15. Palmácia
  • 16. Quixadá
  • 17. Russas
  • 18. Tamboril
  • 19. Varjota

Essa primeira fase já está em execução e, na sequência, os participantes devem passar por exames físicos, conforme a faixa etária. Eles serão divididos em 5 anos, 12 anos, 15 a 19 anos, 35 a 44 anos e 65 a 74 anos.

Também será o momento de descobrir a necessidade de tratamento dentário e de próteses dentárias, além de saber qual a urgência da intervenção.

Com isso, os profissionais levantam dados para identificar as principais doenças bucais, como cárie dentária e doença periodontal. Na pesquisa também será avaliado o impacto das condições de saúde bucal na qualidade de vida da população.

Como funciona a pesquisa

A SB Brasil é o maior estudo sobre as condições de saúde bucal da população brasileira e, neste ano, é realizada com 50.800 pessoas. Ao todo, serão contemplados 422 municípios no País - sendo 395 cidades do interior, as 26 capitais e o Distrito Federal

Os participantes com algum problema bucal detectado são encaminhado para a unidade odontológica. Nesta fase, o Ministério da Saúde investiu cerca de R$ 4 milhões.