Acupuntura

Termógrafo auxilia no mapeamento da dor

00:14 · 10.09.2013

Técnica proporciona maior comodidade, exatidão e rapidez aos médicos e pacientes durante tratamento

Olhando de longe, ele lembra uma câmera fotográfica: uma enorme lente apontada para o alvo. A sua utilidade, porém, vai além da captura de imagens. O termógrafo, como é chamado o aparelho usado por acupunturistas, permite o mapeamento exato do local onde a dor é predominante no corpo do paciente. A obtenção das imagens é feita por meio de uma lente infravermelha que mapeia o local onde a dor está instalada.

Já na quinta seção de acupuntura termoguiada, Maria de Fátima relatou alívio nas fortes dores nas costas foto: NATINHO RODRIGUES

Atualmente, a termografia de infravermelho é o mais avançado recurso tecnológico para localização de pontos e áreas com alterações inflamatórias que geram quadros dolorosos e suas repercussões. O acupunturista Eristow Nogueira foi o pioneiro na utilização da técnica no Ceará e, até hoje, um dos únicos profissionais no Brasil que trabalha com auxílio do termógrafo.

Mapeamento térmico

"A termografia permite o mapeamento térmico de todo o corpo e garante que o médico visualize as alterações de temperatura de um local específico, ajudando, dessa maneira, o acupunturista na escolha da melhor combinação de pontos para conseguir os melhores resultados e eliminar a dor. Os pacientes também gostam, porque traz agilidade ao tratamento", explica o médico.

Conforme Eristow Nogueira, a termografia mostra áreas hiperradiantes (quentes), hiporradiantes (frias) e isotérmicas (temperaturas iguais). Dessa maneira, entende-se que a ocorrência de uma doença manifesta-se nos extremos, ou seja, por excesso de frio ou de calor num determinado local do corpo. "A partir daí, colocamos as agulhas exatamente onde o termógrafo indica, o que nos confere um resultado mais eficaz e preciso", afirma.

Por ter sido um dos percursores, Eristow Nogueira é um entusiasta da técnica termoguiada. Um dos aspectos positivos, segundo ele, é que o método não é invasivo, de modo que o paciente não é exposto a radiação, nem tampouco necessita de qualquer substância para a obtenção de uma melhor imagem.

Além disso, a acupuntura com a utilização de termógrafo auxilia no acompanhamento do estado geral do paciente, pois a cada sessão vai revelando o fim das áreas antes inflamadas e doloridas, já que as imagens podem ser comparadas a cada novo retorno do paciente, explica o acupunturista.

Alívio com menos agulhas

Os pontos tratados por acupuntura não são normalmente identificados em exames como radiografia, mamografia, ressonância magnética ou ultrassonografia, somente com o termógrafo, daí sua importância para o tratamento. Outra boa notícia é que o termógrafo não interfere no processo gestacional, podendo ser repetido caso seja necessário.

Segundo Eristow Nogueira, o uso do termógrafo tem possibilitado que o tratamento com acupuntura promova o alívio da dor com o uso de menos agulhas e em menor tempo, trazendo dinamismo às sessões. "Não preciso perder tempo por ficar procurando pontos da dor, pois o termógrafo me auxilia ", afirma.

Entre as doenças que podem ser tratadas com o uso da acupuntura estão: dores em geral, especialmente a do aparelho músculo-esquelético, assim como gastrite, estresse, distúrbios menstruais e hormonais, paralisia facial, sinusite e insônia.

Efeitos positivos

Os pacientes que são submetidos a acupuntura termoguiada comprovam a eficácia do tratamento. Antes mesmo de finalizar a quinta sessão, a dona de casa Maria de Fátima Freitas já comemorava a redução das fortes dores que sentia nas costas, causadas por estresse e sobrepeso, problemas que lhe acompanham há mais de 20 anos. Com a técnica, a paciente reconhece que o resultado tem sido bem melhor. "Em 20 minutos o médico me atende, tira a foto com o aparelho e coloca as agulhas exatamente onde está ocorrendo a dor", descreve.

Apesar da técnica ter facilitado o tratamento, ainda melhor é evitar a necessidade dele. Segundo Eristow Nogueira, hábitos simples também contribuem para a prevenção. Os exercícios físicos, por exemplo, melhoram a boa circulação sanguínea e energética do corpo, assim como os alongamentos,que estimulam os músculos, tendões e articulações, ajudando no relaxamento do corpo como um todo.

SAIBA MAIS

Estudiosos acreditam que a acupuntura surgiu na China, antes mesmo da Era Cristã. Da China, a prática se espalhou por vários países da Ásia, adquirindo características peculiares à cultura da região onde se estabelecia e, dessa forma, chegando a diversos outros países do mundo.

Inicialmente, o uso dos termógrafos estava restrito a procedimentos militares visando a visualização de imagens mo período noturno.

O médico acupunturista Eristow Nogueira usa a técnica desde 2006 em seu consultório e desde o início deste ano no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Os resultados são excelentes em 90% dos pacientes.

Além dos casos de dor, várias outras doenças funcionais podem ser tratadas por meio da acupuntura. Dentro da concepção chinesa, a doença é uma manifestação de desequilíbrio, e a acupuntura seria uma forma de restabelecer a harmonia perdida.

LÍVIA LOPES
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.