AROMATERAPIA

Suaves aromas

01:02 · 07.11.2010
( )
Ação terapêutica dos óleos essenciais ajuda a promover o equilíbrio psicofísico e o bem-estar geral

Essências aromáticas como alecrim e tomilho são poderosos antioxidantes, mantenedores da vitalidade e jovialidade em ambos os sexos, promotoras do bem-estar físico e psíquico.

Os óleos de alecrim e olíbano constituem uma associação particular, capaz de ativar e manter equilibrada a glândula pineal. É possível se conseguir uma gama enorme de sinergias como estas e centenas de outras essências, tais como cedro, vetiver, mirra, patchouli, camomila alemã, conforme ensina a especialista em aromaterapia, Gorethi Moura.

Formada também em terapia floral, terapia comunitária (pela Universidade Federal do Ceará) e professora do curso de Extensão em Aromaterapia pela Universidade Federal de Pernambuco (Departamento de Enfermagem), Gorethi explica que estes óleos costumam ser prescritos para ativação da pineal.

A estudiosa esteve em Fortaleza no mês passado, para lançar o livro "Caminhos da Aromaterapia - Práticas lidas, vividas e experienciadas" (Editora Brascolor), ocasião na qual ministrou um curso sobre aromaterapia e o sensível sistema endócrino.

Ciência comprova

Conforme a aromaterapeuta, muitos médicos e profissionais de saúde já empregam as qualidades que beneficiam a saúde e o bem-estar expressas pelos aromas. Esta abordagem, identificada dentro da denominada "medicina suave", é usada em várias partes do mundo.

A substância aromática das plantas contida nos óleos (ou essências) extraídos das plantas é encontrada armazenada em pequeninas glândulas, localizadas tanto nas partes externas quanto nas áreas mais profundas das folhas, flores, frutos, sementes, raízes e caules. "Trata-se de uma substância concentrada com propriedades curativas (a crença é ser a força vital das plantas).

De acordo com a professora titular do Curso de Química da Universidade Estadual do Ceará, Selene Maia de Morais, para além da aromaterapia, os óleos essenciais têm uma infinidade de usos, sendo empregados com muita frequência na preparação de fragrâncias, sabões, detergentes, loções e cremes pela indústria cosmética.

Inclui também as indústrias de bebidas não alcoólicas, sorvetes doces, gelatinas, pudins, goma de mascar, xaropes, condimentos e conservas, solventes e intermediários de síntese de produtos químicos. Sem contar a preparação de loções e cremes repelentes de insetos.

No Nordeste, informa Selene Morais, há produção dos óleos essenciais de capim limão (Lemongrass), e de cravo (Eugenia caryophylata) na região de Valença, Taperoá e Ituberá, na Bahia. "No Ceará iniciou-se uma plantação de Lippia sidoides (alecrim pimenta), mas a pouca procura do mercado internacional, desativou a produção".

Há diversos óleos essenciais extraídos de plantas utilizadas tradicionalmente pelos cearenses cujas pesquisas confirmam seu poder terapêutico. A professora da UECE cita o capim santo( Cymbopogon citratus (DC.) Stapf) que tem confirmada sua ação calmante e espasmolítica leve (atribuída ao citral presente, além do mirceno, responsável pela sua ação analgésica).

O capim limão ou citronela (Cymbopogon winterianus Jowittm)apresenta ação antimicrobiana local e acaricida (contra os microácaros do ar, responsáveis por processos alérgicos respiratórios). O óleo de capim citronela é usado em repelentes contra insetos, a exemplo do mosquito da dengue ou muriçoca, comenta.

A chamada canela de cunhã (Croton zenhtneri Pax et Hoff.), revela a estudiosa, tem como principal componente químico o metil-eugenol. Apresenta ação anestésica, antipirética, miorelaxante e anticonvulsivante. O óleo essencial extraído da planta tem ação anti-fúngica, larvicida contra o mosquito Aedes aegypti, e anti-helmíntico.

Estudos preliminares da conhecida ipecacuanha (Hybanthus ipecacuanha (L.) Baill.),indica, possui atividade anti- inflamatória e broncodilatadora, sendo tais ações atribuídas à presença de cumarina, confirmando seu uso popular no tratamento de doenças do aparelho respiratório. Já o óleo das folhas do bamburral (Hyptis suaveolens (L.) Poit.) apresenta ação antigripal na forma de inalação com vapor d´água.

Gorethi Moura cita o óleo essencial de tea tree (Melaleucaaltemifolia), indicado para atuar sobre bactérias e fungos, como candidíase.

ROSE MARY BEZERRA
REDATORA

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.