ESPECIALIZAÇÃO

Recreação e mais lazer

23:14 · 23.04.2011
( )
A recreação é um momento único para que a criança coloque em prática operações cognitivas e sociais
A recreação é um momento único para que a criança coloque em prática operações cognitivas e sociais ( FOTO: ARQUIVO )
ATIVIDADES AO VALER-SE DO LÚDICO, A RECREAÇÃO É UMA FERRAMENTA PARA OCUPAR AS ÁREAS DE LAZER DA CIDADE

Já pensou no que se pode aprender num jogo de caça ao tesouro, por exemplo? Para muitos, pode parecer que o exercício de procurar objetos escondidos, a partir de dicas, é apenas uma atividade para passar o tempo, em geral das crianças. Porém, ao contrário disso, a partir de brincadeiras recreativas como essa, além de se divertir, é possível também desenvolver habilidades e deparar-se com operações cognitivas e sociais. Sabia?

Recriação

Por definição, recreação significa recriação. Para isso, como explica o profissional de Educação Física Ricardo Catunda, mestre em Educação e Saúde, usa-se o lúdico. O termo vem do latim "ludus" e significa "jogos". Assim, o recurso é usado para aplicação de brincadeiras, dinâmicas, os próprios jogos, entre outros. "O lúdico é um estado de profundidade que nasce do contato com a experiência. Esse contato só é possível de ser vivenciado pelos seres humanos, haja vista, ser o lúdico uma possibilidade exclusivamente humana".

Tomando como exemplo o jogo de "caça ao tesouro", Catunda, que é professor da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e ex-presidente do Conselho Regional de Educação Física da 5ª Região (Cref5), enumera que, a partir da formação do grupo e do objetivo em comum, desenvolve-se e identifica-se nos participantes a liderança, o respeito ao limite do próximo, a interdependência, a convivência com o outro, a diferença das relações e a tolerância. Porém, nem só nesse jogo há o aprendizado, pois a recriação pode estar em escolinhas de esportes, em atividades educativas, em aulas, entre outros.

Conforme Ricardo Catunda, a recreação, portanto, é uma ferramenta para ocupar as áreas de lazer particulares e públicas, já que este, por sinal, é um direito assegurado aos cidadãos pela legislação, como estabelece a Lei Orgânica do Município de Fortaleza. Os espaços podem ser em escolas, praças, parques, assim como na faixa de praia e hotéis. Tanto que, como esclarece o especialista, as atividades podem ser utilizadas nas áreas da Educação, do Turismo, bem como em grupos multidisciplinares.

Como finalidade, os exercícios recreativos são para descontração, relaxamento, gasto de energia, apreender algo, instruir, melhorar as relações. E, diferente dos esportes, que possuem regras rígidas e a competição, as atividades possuem regras, mas a intenção é divertir, alegrar e ensinar. "Na cultura de hoje, em que vive-se em estresse a toda hora, a prática lúdica serve para harmonizar", alerta o professor.

Até mesmo porque, segundo frisa o especialista, esse papel da atividade lúdica consiste do momento, na ação praticada. "Ela é um meio e não o fim", difere. No entanto, para a aplicação dessa técnica, o professor Ricardo Catunda avisa que o profissional tem de ser capacitado. Isso porque, como reconhece, com a profissionalização do mercado de lazer e entretenimento, as exigências por serviços especializados vêm crescendo de forma significativa.

Dessa forma, aumenta também as necessidade de uma formação que venha a garantir a qualidade dos serviços a serem oferecidos por aqueles que procuram no lazer uma melhoria em sua qualidade de vida.

Profissionalização

Fortaleza, como justifica a professor, é uma cidade turística e que, em pouco tempo, será sede de grandes eventos esportivos. E, com eles, a necessidade de profissionais qualificados será ainda maior. "É preciso conhecimento científico pela relevância das atividades socialmente", ressalta.

A preparação é um diferencial importante para quem vai aplicar e receber a técnica". De acordo com o professor Ricardo Catunda, o profissional tem a capacidade de fazer a ligação da brincadeira com as demais áreas de conhecimento.

Diante dessas novas oportunidades e de exigências da sociedade, a Coordenação de Educação Física da UECE está com inscrições abertas para o primeiro Curso de Especialização em Recreação e Lazer. As aulas, que começam no dia 14 de maio, são destinadas aos profissionais de Educação Física, Turismo, Pedagogia, Arte-Educadores e áreas afins, portadores de diplomas de nível superior. Entretanto, os estudantes do 7º semestre também podem participar. "Eles atuarão de modo especializado na recreação e no lazer com os diversos grupos sociais nos espaços da cidade", conclui.

MAIS INFORMAÇÕES

Curso de Especialização em Recreação e Lazer:

Contatos: (85) 3101-9807/ 3101-9808/ 88014256/99051370

JANINE MAIA
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.