CURTAS

Mais notícias para o seu bem-estar

23:53 · 16.07.2011
Campanha "Trânsito Leve", promove a gentileza no trânsito
Campanha "Trânsito Leve", promove a gentileza no trânsito ( )
Compulsão por alimentos ricos em açúcar, farinha branca, chocolate, café e álcool pode ser sinal de que alguns nutrientes essenciais estão em falta no organismo.
Compulsão por alimentos ricos em açúcar, farinha branca, chocolate, café e álcool pode ser sinal de que alguns nutrientes essenciais estão em falta no organismo. ( )
Estudo clínico realizado nos Estados Unidos revelou que mulheres idosas que tomam vitamina D3 podem viver mais do que as que não a ingerem.
Estudo clínico realizado nos Estados Unidos revelou que mulheres idosas que tomam vitamina D3 podem viver mais do que as que não a ingerem. ( )
Memória

Estudo publicado pela Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, revelou que, ao contrário do que se pensava, todo o conhecimento adquirido pode ser armazenado simultaneamente no hipocampo (aprendizado rápido) e no neocórtex (aprendizado lento). Apesar de se saber que o conhecimento prévio da informação influencia a consolidação de novas memórias, pesquisa realizada com camundongos bloquearam o neocórtex com uso de drogas específicas e demonstraram que aprendizado e lembrança de memórias recentes tinham sido afetados.

Trânsito Leve

As ruas de Fortaleza ganham cerca de cinco mil novos veículos todo mês. O grande número de automóveis resulta no desgaste físico e psicológico dos motoristas, motociclistas e pedestres, que acabam adotando comportamentos agressivos nas ruas. Pensando nisso, a AD2M Engenharia de Comunicação criou a campanha "Trânsito Leve", para promover a gentileza no trânsito. A campanha será realizada em mídias virtuais (Facebook e Twitter) e contará com a distribuição de adesivos.

Fissura

Compulsão por alimentos ricos em açúcar, farinha branca, chocolate, café e álcool é bastante comum. Poucos sabem, porém, que esse pode ser um sinal de que alguns nutrientes essenciais estão em falta no organismo. "Para metabolizar açúcar refinado, por exemplo, o organismo usa nutrientes de outras fontes e acaba perdendo vitamina B, cálcio, fósforo e ferro de nossa própria reserva", explica Annemarie Colbin, do Instituto Gourmet Natural dos EUA. Com isso, o corpo passa a dar sinal de fome a fim de tentar obter os nutrientes perdidos.

Vitaminas

Estudo clínico realizado nos Estados Unidos revelou que mulheres idosas que tomam vitamina D3 podem viver mais do que as que não a ingerem. A pesquisa, que envolveu cerca de 90 mil adultos não esclareceu ainda a quantidade ideal de vitamina a ser ingerida nem se esse benefício muda em relação ao sexo (foram analisadas mais mulheres do que homens). Segundo o pesquisador sênior, Dr. Christian Gluud, são os efeitos preventivos que poderiam provavelmente explicar a redução da mortalidade.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.