NUTRIÇÃO

Gordura no fígado

02:58 · 30.01.2011
( )
Sedentarismo e má alimentação são ameaças silenciosas à saúde do fígado

Todo alimento depois de digerido cai na corrente sanguínea e passa pelo fígado. É o momento em que o órgão funciona como um laboratório selecionando o que for aproveitável daquilo que deverá ser eliminado do organismo. O problema é quando há o consumo excessivo de calorias levando ao sobrepeso, sobretudo a gordura localizada no abdômen. Este fenômeno causa alterações metabólicas que induzem o fígado a armazenar gordura.

A tendência é crescente entre crianças e jovens no Brasil que são surpreendidos com o fígado cheio de gordura (ou esteatose hepática), segundo informa o presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia, Dr.Raymundo Paraná.

O médico explica que o diagnóstico tem aumentado na faixa etária justamente por causa do aumento da alimentação fast food e outros industrializados, além do sedentarismo. "É a geração do computador e do game", diz o especialista.

A esteato-hepatite não controlada pode evoluir para cirrose e câncer de fígado silenciosamente, através de uma doença chamada esteato hepatite não alcoólica, muito semelhante a outra patologia que afeta o fígado e é induzida pelo álcool.

A maioria das doenças hepáticas tem hoje tratamento direcionado à sua causa, sendo o tratamento oferecido pelo SUS, através dos Centros de Referência. A dificuldade de acesso ao tratamento se deve aos poucos sintomas causados pelas doenças hepáticas, principalmente nas suas fases iniciais, assim como a negligência do paciente mesmo após a constatação do diagnóstico.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.