ORIENTAÇÃO

Cuidado com a postura em casa e no trabalho

20:33 · 09.07.2011
( )
Com o uso crescente do computador (em casa e no trabalho), cada vez em idades precoces, as pessoas passam longas horas em frente ao equipamento. Com isso vão adquirindo vícios posturais que devem ser modificados, a fim de prevenir os males d
Com o uso crescente do computador (em casa e no trabalho), cada vez em idades precoces, as pessoas passam longas horas em frente ao equipamento. Com isso vão adquirindo vícios posturais que devem ser modificados, a fim de prevenir os males d ( Foto: Alex Costa )
Casos de má postura aumentam propensão a problemas de coluna sendo a prevenção a melhor alternativa

Você já se preocupou e resolveu ficar um pouco mais atento em como fica a sua coluna ao executar pequenos movimento diários? Já observou que sente muitas dores, após um dia inteiro de faxina ou mesmo ao permanecer horas sentado em frente ao computador?

Todos esses movimentos, em geral, executados mecanicamente e sem a postura adequada, podem, com o passar dos anos, trazer sérios danos à coluna. Danos esses que são mais comuns do que se imagina.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 80% da população mundial terá pelo menos um episódio de dor na coluna ao longo da vida. Devido ao sedentarismo e desatenção postural, os problemas de coluna tendem a aparecer cada vez mais precocemente, distinto de tempos atrás quando os adultos em idades mais avançadas eram os que sofriam mais.

Prevenção e reabilitação

Agir de forma preventiva é a melhor saída para evitar muitos desses problemas, sobretudo, os decorrentes da má postura. Por isso, a Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna em parceria com o Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral (ITC), após pesquisas de gestos e comportamentos de seus pacientes, desenvolveu a cartilha "Guia de Postura Dr. Coluna".

A cartilha, bem ilustrada e com numerosas indicações preventivas, comporta dicas e orientações muito valiosas para a população, em geral. Conforme o fisioterapeuta Helder Montenegro, do ITC Vertebral, o conteúdo ajuda a esclarecer sobre vícios de posturas e enfatiza a importância dos exercícios físicos, incluindo também o fortalecimento da musculatura que envolve e protege a coluna.

"Nosso objetivo é a distribuição gratuita da cartilha nas duas sedes do ITC Vertebral para todas as pessoas que apresentarem algum comprovante de que possuem problemas na coluna", explica Dr. Helder, que foi o responsável pelo desenvolvimento deste material.

A iniciativa, de acordo com ele, tem o objetivo de alertar as pessoas sobre posturas simples realizadas durante movimentos como levantar, deitar, usar o computador, arrumar gavetas, cuidar de bebês, arrumar malas, dirigir, dentre outras.

As profissões, segundo Dr. Helder, que mais predispõem e aumentam as probabilidades de lesionarem a coluna vertebral são a de pessoas que mais usam o tronco de forma desalinhada, ou seja, fora da linha de gravidade. Inclui aqui também os que utilizam o tronco pra frente, como os jornalistas, dentistas, arquitetos, enfermeiros, motoristas", adverte Montenegro.

Conforme o profissional, caso esses vícios posturais perdurem cada vez mais e, o pior, sejam levados também às aulas de musculação ou pilates (que aplicam força), sem a devida orientação dos instrutores destas modalidades, ao invés de ajudarem a fortalecer e minimizar as dores, poderão prejudicar ainda mais.

Musculatura fortalecida

Ao longo do tempo, pequenas dores na coluna podem se transformar em lesões maiores como a lombalgia (dor lombar de origem inespecífica), as discopatias degenerativas (lesões nos discos entre uma vértebra e outra), a protrusão (achatamento do disco) e a hérnia de disco (extravasamento do núcleo pulposo do disco).

Tais lesões, além de causar muitas dores, tendem a debilitar e imobilizar as pessoas, podendo chegar ao ponto de uso de fortes medicamentos ou mesmo de intervenção cirúrgica para aliviar os quadros mais graves.

Dr. Helder Montenegro ressalta a importância do fortalecimento da musculatura abdominal para a manutenção da postura. Informa ser este um tema de destaque desta cartilha.

Conforme o especialista, todos os pacientes que apresentam dores na coluna têm os músculos profundos (posturais), próximos à coluna, bastante atrofiados, fazendo com que haja recorrência das dores.

E é imprescindível que se esclareça as pessoas: "Não há tratamento médico para essa atrofia. O segredo é o exercício para o fortalecimento da musculatura, dessa cinta natural que nós temos", diz o fisioterapeuta.

A cartilha contém indicações, ainda, que possibilitam os interessados a aprenderem as técnicas de contração de todos os músculos (incluindo os abdominais), responsáveis pela manutenção da coluna ereta em todas as posturas ensinadas.

A fim de fortalecê-los, exercícios complementados com a musculação e o pilates são indicados por Dr. Helder. E, além disso tudo, insere uma técnica da estabilização postural, uma outra forma capaz de promover a contração dos músculos profundos, principal objetivo de todo o conteúdo dessa cartilha.

O especialista, que já conseguiu tirar muitas pessoas de severas crises de coluna com suas técnicas e boa orientação, pretende com esta cartilha dar o pontapé inicial para uma campanha maior de conscientização da população acerca das más condutas em relação à coluna.


Crises

13%

Das consultas médicas no Brasil são de pessoas portadoras de dores na coluna vertebral, perdendo apenas para os problemas cardíacos. E cerca de 80% da população poderá ter uma crise de coluna na vida


Instrução

"É importante que os educadores físicos estejam instruídos para evitar agravar as lesões de seus alunos"

Helder Montenegro
Fisioterapeuta e osteopata


MAIS INFORMAÇÃO

Interessados podem obter a cartilha no ITC Vertebral (Av. Beira Mar, 3900 ou Av. 13 de Maio, 497
Fones: 85 3263-2717 e 3023-0404


ANAMELIA SAMPAIO
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.