AYURVÉDICA

Corpo relaxado e em completa harmonia

22:22 · 22.10.2011
As sessões de massagem começam com o aquecimento das costas e com toques sutis na coluna
As sessões de massagem começam com o aquecimento das costas e com toques sutis na coluna ( Reprodução )
As sessões de massagem começam com o aquecimento das costas e com toques sutis na coluna
As sessões de massagem começam com o aquecimento das costas e com toques sutis na coluna ( Reprodução )
Realizada em pontos estratégicos, a massagem possibilita a cura e o equilíbrio orgânico

Parte de um dos mais antigos sistemas medicinais da humanidade, a Massagem Ayurvédica agrega os saberes milenares indianos a favor da manutenção de um corpo saudável. Esse saber, aliado ao método Yoga Iyengar deu origem à Yoga Massagem Ayurvédica, que utiliza toques vigorosos e profundos com mãos e pés, ajudando a expelir toxinas presas nos músculos e tecidos e na promoção do equilíbrio orgânico perdido em função de doenças e problemas emocionais.

Trata-se de uma massagem intensa e relaxante, capaz de atuar nos campos físico, energético e emocional. Para isso, leva em consideração os desequilíbrios do paciente e suas características perante uma análise individual. "A anamnese deve ser realizada no início do primeiro atendimento, para que os cuidados sejam tomados e possamos entender qual o ponto principal a ser trabalhado. No decorrer do tratamento, nos aprofundamos na dissolução da queixa inicial", explica a psicóloga e facilitadora de cursos de formação básica em Yoga Massagem Ayurvédica, Karla Rolim.

A partir da descoberta da raiz do problema são trabalhados elementos como toques, alongamentos, manobras, trações, respiração, consciência e confiança, transformando a doença em uma sensação de bem-estar. O ideal, conforme Karla Rolim, é começar o tratamento com dez sessões, uma por semana. Após cada sessão, são feitas avaliações de como o corpo vem respondendo. A mudança é gradual e intensa.

Pontos de pressão

A massagem, em si, é realizada nos chamados marmas (pontos de pressão no sistema ayurveda de massagem), localizados nas junções firmes dos cinco princípios orgânicos: siran (vasos), monsa (músculos), sanyu (ligamentos), asthi (ossos) e sandhi (juntas). "Dentro da sequência, usamos os pés, mãos, queixo, manobras com trações e alongamentos", informa Karla Rolim.

Tudo começa com o aquecimento das costas, uma vez que o primeiro toque ocorre na coluna. Só depois, conforme a psicóloga, é que começam os alongamentos e as manobras, utilizando óleo de vegetais (gergelim, semente de uva) e pó Vekand (raiz da família do gengibre), que irão aliviar as dores e abrir as articulações (as escápulas são outros pontos importantes a serem trabalhados) bloqueadas pelo excesso de ácido úrico e cálcio.

"A respiração também se compromete com o estresse cotidiano e, consequentemente, o peito retém muita tensão. Ao final da massagem, damos suporte à cabeça com toques circulares de forma que o cliente relaxe profundamente e se sinta revigorado com a sensação de conforto que se espalha por todo o sistema", diz a psicóloga.

Consciência corporal

Mesmo indicada para problemas que vão desde as dores musculares até os mais graves como artrite, hipertensão, má circulação, obesidade, asma, insônia, estresse, enxaqueca, depressão, dentre outras, não é necessária a existência de doenças para recorrer à Massagem Ayurvédica, já que se trata também de uma técnica preventiva.

Segundo Karla, é possível obter resultados nas primeiras sessões. O peito expande, facilitando a respiração, o sangue circula com facilidade, livre de qualquer peso ou pressão, o corpo se torna leve e alongado com a energia que percorre o corpo e cria um novo estado de bem-estar.

"Devemos ter a consciência de que nosso corpo merece atenção, carinho e qualidade de vida. A partir daí, teremos energia equilibrada, o corpo físico integrado e o emocional harmonizado", conclui a especialista.

Mais informações

Curso de Formação Básica Yoga Massagem Ayurvédica
Espaço Karla Rolim
(85) 8895.2046/9911.0018


ANAMÉLIA SAMPAIO
ESPECIAL PARA O VIVA

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.