FENG SHUI

Ciclos devem ser harmonizados

23:53 · 16.07.2011
( )
Escritório: o ideal é que exista uma parede fixa atrás da mesa de trabalho para que a energia do morador se acumule. A janela deve possuir cortina para que, mesma quando aberta, o fluxo energético não se esvaia
Escritório: o ideal é que exista uma parede fixa atrás da mesa de trabalho para que a energia do morador se acumule. A janela deve possuir cortina para que, mesma quando aberta, o fluxo energético não se esvaia ( FOTO: MARÍLIA CAMELO )
( )
( )
FENG SHUI: a técnica chinesa ajuda a equilibrar e a manter a boa energia dos ambientes


Você já teve a impressão de que determinada casa ou local lhe trazia uma sensação desagradável ou algum mal-estar físico como dor de cabeça? Muitos não sabem, mas promover o correto equilíbrio entre ambiente e corpo é essencial para gerar paz, alegria e prosperidade. É isso a que se propõe o Feng Shui, técnica milenar chinesa de harmonização de ambientes.

E como saber se determinado local está causando algum tipo de malefício às pessoas que o frequentam? Muitas vezes, você pode chegar em casa, depois de um exaustivo dia de trabalho, dormir à noite, mas, no dia seguinte, acordar com a sensação de extremo cansaço e sem nenhum ânimo para enfrentar as atividades do cotidiano. "Estes já podem ser indícios importantes de que algo não está correto em sua casa e ela precisa ser harmonizada", ressalta o arquiteto Lauro Sérgio Lima, estudioso do tema há mais de uma década.

Tempo e equilíbrio

Para o Feng Shui, o fator tempo é de extrema relevância. Por esse motivo a análise do espaço, cuja harmonização será realizada, pode ser feita para um ciclo de até 20 anos, um ano ou até mesmo um mês. De acordo com o arquiteto Lauro Sérgio (que ministra uma série de cursos no Espaço Clara Luz), há uma interação entre o Qi - energia vital - terrestre (espaço) e o Qi celeste (tempo), fato que justifica a necessidade da cronologia ser considerada sempre. A harmonização é feita de forma simples, já que, em algumas situações, um único elemento é suficiente para equilibrar o ambiente como um todo.

A colocação de cortinas em todas as janelas que forem posicionadas atrás do local em que a pessoa se situa é o primeiro passo para harmonizar um ambiente. Lauro Sérgio cita o exemplo de um escritório, que possui uma mesa de trabalhos e estudos. Nele, o ideal é que exista uma parede fixa atrás do birô, para que a energia do usuário seja acumulada. No caso de haver uma janela, explica, a colocação de uma cortina é fundamental para que, mesmo aberta, permita que o fluxo energético não se esvaia (e fique concentrado).

A técnica pode ser empregada em todos os cômodos ou em apenas um deles. Em ambientes comuns, como sala, cozinha e varanda, todos os moradores recebem as influências decorrentes da harmonização, já em espaços mais íntimos, como o quarto do casal, apenas os que utilizam o recinto notarão mudanças em seu equilíbrio. A energia usada para esse direcionamento harmônico é única e individual.

No caso de uma mesma residência, onde moram marido, esposa e filhos, é preciso estabelecer uma ordem de prioridades. Normalmente, a análise é baseada no provedor da casa. Para estes, além do trabalho realizado nos cômodos pessoais, o especialista em Feng Shui verifica, inicialmente, a porta principal e a cozinha. Para os outros moradores, a harmonização é feita apenas nos ambientes pessoais, afirma Lauro Sérgio Lima.

Saúde dos moradores

Antes de adquirir um imóvel usado, é importante procurar conhecer mais sobre a saúde e a prosperidade do antigo morador. Outro ponto a se considerar é optar pelo imóvel que tenha uma planta regular, sem muitos recortes e que não esteja localizada em frente a um hospital, delegacia de polícia ou funerária. É preciso compreender, entretanto, que a energização do ambiente é feita pela interligação entre o espaço a as pessoas que o frequentam, explica o arquiteto.

"Eu sou um ser vivo e tenho uma energia minha, por conta da minha data de nascimento (nasci num ano, num mês, num dia e numa hora) então, são esses quatro elementos que vão compor o meu DNA energético", afirma Lauro Sérgio. Com relação ao ambiente, o "DNA energético" é determinado pelo ano de construção do imóvel.

As pessoas devem se conscientizar que essa arte milenar não está relacionada a nenhum estilo de decoração. Não basta apenas ser intuitivo. Técnica e métodos são fundamentais. Segundo o arquiteto "para compreender o Feng Shui é preciso romper a barreira existente entre nós e o universo, sendo vital métodos e sistemas de conhecimento".

No trabalho e na vida

A arquiteta Eveline Vasconcelos decidiu fazer o curso de Feng Shui para aplicar no seu trabalho, assim como para ajudá-la a escolher seu novo apartamento. Diz ter consciência de que a técnica não deve ser empregada como uma solução para os problemas pessoais. "Depende muito de cada pessoa. Você colhe o que planta, portanto suas ações devem condizer com aquilo que se quer realizar. O Feng Shui representa apenas um terço do que é necessário para se realizar a energização de um ambiente; o restante deve partir de cada um e da sua espiritualidade".


Ambiente

"Normalmente, a análise do ambiente é baseada na pessoa que sustenta a casa"

"Antes de adquirir um imóvel deve-se conhecer a saúde do morador anterior"

Lauro Sérgio Lima
Arquiteto e estudioso da técnica do Feng Shui


MAIS INFORMAÇÃO

Curso de Feng Shui
Espaço Clara Luz
Dias 23/07 e 30/07,de 8 às 18horas
Telefone: (85) 3224.9832


MIRTILA FACÓ
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.