SAÚDE OCULAR

Cearense é um povo de visão

19:54 · 01.10.2011
( )
Sociedade Cearense de Oftalmologia esclarece população com campanha sobre importância dos exames oculares
Sociedade Cearense de Oftalmologia esclarece população com campanha sobre importância dos exames oculares ( Arquivo )
No Brasil, 4 milhões têm problemas visuais graves. Campanha alerta para a prevenção

As estatísticas revelam que 80% das causas de cegueira são evitáveis. Dr. Edmar Guedes, oftalmologista e presidente da Sociedade Cearense de Oftalmologia (SCO) revela a importância de orientar a população sobre os cuidados com a visão, além de alertar para os atendimentos feitos por profissionais que exercem ilegalmente a medicina. Por isso, a SCO decidiu realizar a campanha ´Cearense, um povo de visão´. O evento que dá início às atividades acontece dia 7, às 16h, no Auditório da Câmara Municipal de Fortaleza.

Segurança nos exames

O olho pode ser atingido por aproximadamente 3.600 doenças, o que torna a consulta regular ao oftalmologista essencial para manter a saúde da visão. "O exame feito pelo oftalmologista não se limita a medir o grau de óculos ou lentes de contato. Na consulta de rotina, também é realizada a medição da visão periférica, avaliação da visão binocular (averiguar se os dois olhos funcionam em conjunto, corretamente), movimento dos olhos (em diferentes ângulos), avaliação do fundo de olho e, ainda, da pressão intraocular, entre outros", afirma Edmar Guedes.

De acordo com a oftalmologista, muitas pessoas ainda são atraídas por anúncios de consultas gratuitas, ou mesmo pela compra de óculos em lugares inapropriados como camelôs, o que pode trazer graves riscos aos olhos. Por isso, é essencial que os pacientes observem se as receitas de óculos ou medicamentos que recebem é carimbada com o nome do médico e o seu CRM ou Cremec (registros concedidos pelo Conselho Regional de Medicina).

Prevenção

Os cuidados com a visão devem começar cedo, ainda na fase pré-escolar das crianças. Nesse período o médico poderá identificar doenças congênitas (adquiridas logo depois do nascimento) ou infecções. O cuidado também evita a ambliopia, também chamada de olho preguiçoso, quando a visão da criança não se desenvolve corretamente até os sete anos de idade.

Pessoas com mais de 50 anos de idade, principalmente aquelas que possuem no histórico familiar doenças como glaucoma, diabetes e retinopatia diabética (alterações vasculares na retina), devem redobrar a atenção com os próprios olhos.

Informação

Uma das ações da campanha foi o lançamento de um site (www.povodevisao.sco.med.br), onde o visitante tem acesso a cuidados simples com a visão, informações sobre os problemas oculares mais comuns, além de conhecer as atividades realizadas pelos oftalmologistas. "Estamos lançando a campanha para alertar a população. Prevenir é a melhor forma de zelar pela saúde ocular", diz Edmar Guedes.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.