QUALIDADE

Alimentação e prevenção

20:33 · 09.07.2011
( )
Valesca Rabelo, farmacêutica e bioquímica é ovo-lacto-vegetariana. O clínico geral Francisco Colares faz ressalvas quanto ao consumo de ovos e laticínios.
Valesca Rabelo, farmacêutica e bioquímica é ovo-lacto-vegetariana. O clínico geral Francisco Colares faz ressalvas quanto ao consumo de ovos e laticínios. ( Foto: JOSÉ LEOMAR )
Quadros enxaquecosos, gastrite, diabetes e instestino constipado são algumas das situações que podem ser tratadas com ingestão de água, atividade física regular e alimentação apropriada

A maioria das pessoas reconhece a importância da alimentação adequada para o bem-estar mais prolongado e uma melhor qualidade de vida. Mas o que representa uma alimentação saudável? Será que o consumo de frutas, legumes, verduras e carne magra é o suficiente?

Para muitos indivíduos, a escolha do vegetarianismo - doutrina que prega o não consumo de qualquer espécie de carne e seus derivados - é uma opção. Valesca Rabelo, farmacêutica, bioquímica e professora universitária optou ser ovo-lacto-vegetariana, abstendo-se da ingestão de carnes, mas consumindo ovos e laticínios. É bem verdade que este tipo de regime alimentar é benéfico, embora ainda não o ideal.

Quem atenta para esse fato é o clínico geral Francisco Colares Neto. Segundo o médico, tudo o que entra em nosso organismo sofre algum tipo de reação química, produzindo metabólicos. Tais compostos, classificados conforme a escala de pH em alcalinizadores ou acidificantes, são alguns dos responsáveis pelo funcionamento equilibrado ou não do corpo.

Leite e seus derivados, principalmente, o queijo e alguns vegetais e legumes - entre os quais acelga, espinafre, repolho e feijão seco - são alimentos bastante consumidos pelos adeptos do vegetarianismo e de suas ramificações, mas que, conforme Dr. Francisco Colares, merecem grande atenção. Por serem acidificantes e grandes causadores de inflamação sistêmica, estes alimentos são responsáveis por uma infinidade de doenças , como a enxaqueca. A soja, por exemplo, é um grão bastante usado por vegetarianos que o veem como algo desvinculado de riscos a saúde. Sobre o grão, Dr. Colares ressalta: "O cálcio presente na soja liga-se ao ácido fítico e vai para as fezes, sem que seja absorvido. O grão não nos permite quebrar a proteína e, dessa forma, a pessoa não absorve os aminoácidos, gerando, dentre outros problemas, desnutrição na fase adulta e déficit de crescimento, na infância".

Equilíbrio

Não existe uma única dieta perfeita para todos. O que se deve fazer é manter uma alimentação equilibrada e com determinadas adequações. No período de férias, momento necessário para que o corpo recupere as energias gastas com a correria do dia a dia, oportunidade de descontração e despreocupação com o relógio, a alimentação balanceada com os produtos adequados deve ser um ponto forte e imprescindível para quem deseja gozar de vigor e saúde.


MIRTILA FACÓ
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.