Centro antigo

Roteiros literários ganham força em Recife

00:00 · 30.08.2018
Image-1-Artigo-2445471-1
Os passeios literários pelo Cento antigo de Recife convidam moradores e turistas a se "apropriarem" da cidade a partir da histórias de grandes autores que nasceram ou viveram na capital pernambucana ( Foto: BRUNO LIMA/MTur )
Image-0-Artigo-2445471-1
Em Recife, na Praça Maciel Pinheiro, os visitantes encontram a estátua de Clarice Lispector

O Centro antigo de Recife, com seus casarões preservados e certo ar colonial, ganhou mais um atrativo: tours literários que seguem as marcas de mestres como Ariano Suassuna, Clarice Lispector e Manuel Bandeira.

De acordo com a Prefeitura, nos últimos seis meses, aumentou em 30% o total de turistas inscritos em passeios ligados à vida e à obra de escritores que nasceram ou viveram na cidade. Os roteiros, oficiais e totalmente gratuitos, acontecem uma vez por mês como parte do programa Olha!Recife.

De acordo com Bráulio Moura, que gerencia projetos da Secretaria de Turismo do Recife, a programação até o fim do ano já está definida. Em agosto, o roteiro segue os passos do poeta Ascenso Ferreira pela cidade. No mês de setembro, será a vez do poeta Carlos Pena Filho e, em outubro, a hora e vez será de Manuel Bandeira.

Além dos passeios, alguns pontos da cidade estão abertos para visitação. Um exemplo disso é o sobrado 263, da Rua da União, casa que pertenceu ao avô de Bandeira e onde o poeta passou a infância. Hoje, o imóvel abriga o Espaço Pasárgada. De segunda a sexta, pode-se visitar a biblioteca que conta com manuscritos e edições originais do escritor.

Marcas de Clarice

Eternizada por suas letras, Clarice Lispector faz parte dos homenageados. No Centro do Recife, na esquina da Rua do Aragão com a Travessa do Veras, fica o sobrado 387 onde ela viveu até os 14 anos. No momento, o casarão que pertence à Santa Casa está de portas fechadas aguardando a conclusão do processo de tombamento. No local, há uma placa indicando que ali morou, entre 1925 e 1937, uma das escritoras mais importantes do modernismo brasileiro. 

Na Praça Maciel Pinheiro, em frente ao sobrado, uma estátua de Clarice, com uma máquina de escrever no colo, também chama atenção dos fãs.

Casa Grande

Gilberto Freyre, outro monstro sagrado da literatura nacional, autor de "Casa Grande e Senzala", ganhou um roteiro especial, realizado aos sábados. Trata-se de um passeio noturno no "Catamarã Assombrado", pelas águas do Rio Capibaribe. O percurso dura aproximadamente uma hora e meia. Adultos pagam R$ 60 e crianças até 10 anos, R$ 30.

Ariano, o grande

Entre os homenageados não poderia faltar o mestre Ariano Suassuana. O passeio temático, nesse caso, começa no Teatro Arraial, na Rua da Aurora. O espaço foi inaugurado pelo escritor em 1997, quando comandava a Secretário de Cultura do Estado.

A partir dali, os participantes podem conhecer o Parque de Santana, que hoje leva o nome do escritor e fundador do movimento Armorial. Pertinho, na Rua do Chacon, fica a casa onde Suassuana morou com sua mulher, Zélia.

Quem quiser aproveitar um pouco mais, a dica é conferir o Circuito da Poesia. Há 17 estátuas de bronze de poetas, escritores e músicos espalhadas por toda a cidade.

Mais informações:

Projeto Olha!Recife
Passeio gratuitos com temas literários
www.olharecife.com.br

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.