Costa do sol Poente

Pipas ao vento o ano inteiro

Com condições ideais para a prática de esportes náuticos, o litoral Oeste atrai turistas do mundo todo

A região é conhecida pelos esportistas como o "Havaí dos ventos" ( Foto: Kid Junior )
00:00 · 07.12.2017 por Marília Pedroza - Repórter

No litoral Oeste do Ceará, a aventura e a tranquilidade convivem de mãos dadas, recebendo visitantes do mundo inteiro. E eles chegam para curtir o kite e windsurfe que colorem céu e mar da região conhecida pelo vento ideal à prática de esportes náuticos. Também vêm aproveitar as praias paradisíacas, os barzinhos, o artesanato ou a tranquilidade do lugar.

O roteiro integra os municípios de cidades de Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Paraipaba e Trairi. Eles reúnem praias com atrações para todos os gostos e idades. Apreciar o pôr do sol nas dunas, passear de buggy, fazer uma aula experimental ou um curso rápido de kitesurfe, surfe ou windsurfe e jantar num restaurante com culinária francesa estão entre as opções.

Como as cidades são vizinhas, a ideia é que o visitante aproveite essa proximidade para desfrutar de todos os atrativos da rota. O hoteleiro Angelo Tuzze, que tem empreendimento em Paracuru, dá a sugestão de fazer kitesurfe de manhã na praia do Cumbuco (Caucaia), à tarde experimentar uma tapioca artesanal em Paracuru e de lá seguir para dormir na praia de Lagoinha (Paraipaba).

Outra pedida sugerida pelo empresário é curtir a praia de Flecheiras (Trairi) cedinho, depois fazer um downwind (quando se vai de kite a favor do vento) da Taíba (São Gonçalo do Amarante) a Paracuru e curtir a noite boêmia do município. Dessa forma, o visitante mescla as opções de lazer, esporte e gastronomia dos cinco destinos, visitando-os sozinho, a dois ou com toda a família.

Caucaia

Partindo de Fortaleza pela CE-085, o acesso se revela fácil à Costa dos Ventos, que começa por Caucaia. Lá, as pipas de kite colorem o céu e fazem a alegria de turistas do mundo inteiro por conta dos ventos que chegam a 80km/hora, ideais à prática dos esportes náuticos.

"O Ceará é considerado o 'Havaí dos Ventos' e tem todo o potencial para o kite. De julho até dezembro todos os melhores velejadores do mundo vão estar aqui", afirma Raimundo Ferreira da Silva, conhecido como Bê.

Instrutor de kitesurf há 19 anos, Bê recomenda aos iniciantes um pacote de 10 horas de aula para aprender a controlar o equipamento e ganhar autonomia nessa modalidade à vela. O curso custa, em média, mil reais, e ele garante que todos podem aprender. "Não tem limite de idade, é só ter boa vontade, coragem e usar muito protetor solar", orienta.

Neste ponto da rota, destaca-se a praia do Cumbuco, famosa por seus ventos e suas águas mornas, prontas para receber banhistas e velejadores. A foz do Rio Cauípe também merece ser conferida. Ela forma a Lagoa do Cauípe, que fica bem próxima do mar e se tornou point dos kitesurfistas.

São Gonçalo

Seguindo o roteiro, o visitante encontra as belas praias do Pecém e da Taíba.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.