Tradição

Uruguai tem o Carnaval mais longo do mundo

Festa popular dura mais de 30 dias e tem uma das maiores baterias de tambores do planeta

10:00 · 14.01.2018 / atualizado às 10:45

O Brasil pode se orgulhar de ter o maior Carnaval do mundo, mas a folia momina mais longa acontece mesmo é no Uruguai, onde a festa começa no fim de janeiro e continua até meados de março. Durante mais de 30 dias dias, milhares de pessoas vão às ruas ou casa de espetáculos acompanhar as diversas atrações, que se exibem em todo país, e são marcadas pela mistura das culturas africana e europeia.

Iniciado em Montevidéu, o Carnaval é uma das tradições mais antigas e populares da cultura uruguaia. O ponta pé inicial é dado todos os anos com o Desfile Inaugural na Avenida 18 de Julio, que esse ano acontece no dia 25 de janeiro. Todos os grupos que intervêm no concurso oficial da capital participam acompanhados de carros alegóricos e cortejo de Rainhas do Carnaval.

Além dessa apresentação, existem os famosos desfiles de “Llamadas”. Com forte influência da cultura africana, sob o som do Candombe, esse ano ocorrerão nos dias 8 e 9 de fevereiro e passarão pelo bairro: Sur e Palermo, também na capital uruguaia. A tradição evoca e lembra os encontros dos escravos, que se reuniam fora da cidade durante os séculos XVIII e XIX.

Raízes da tradição

A força e o colorido do ritmo africano fazem os visitantes vibrarem, a manifestação caracteriza-se pelo diálogo de três tipos de tambores: chico, repique e piano. O comovedor espetáculo é o maior no mundo quando se trata de tambores sendo tocados ao mesmo tempo: são mais de 2.500 instrumentos unissonantes.

Além de curtir e dançar baixo o som dos tambores do Candombe, o visitante poderá desfrutar da Murga, ritmo de origem espanhola que mistura teatro, paródia, humor e melodia. O gênero é uma das expressões mais genuínas da cultura uruguaia, principalmente por sua participação popular. Nas noites de fevereiro os conjuntos percorrem palcos de bairros - tablados montados nas ruas durante o período de Carnaval, onde costumam se apresentar.

Por 35 dias, os grupos carnavalescos de Murgas, Parodistas, Humoristas e Revistas Musicais participam do Concurso Oficial do Carnaval, onde apresentam com humor e sátira a visão do país e do mundo, acompanhados de diversos arranjos corais, vestuários chamativos e maquiagens criativas. 

Além de Montevidéu, todas as cidades do interior do Uruguai têm seus desfiles inaugurais. Algumas cidades sofrem influência de outros países como Rivera, Artígas e Melo, localidades fronteiriças ao Brasil, que adotam diversos elementos do nosso Carnaval.

Uma boa dica de passeio é visitar, em Montevidéu, durante o ano todo, o Museu do Carnaval. Ali está exposta a memória do Carnaval e abriga parte da história nacional. Confira mais no site museodelcarnaval.org.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.